Compositores: Paulão, Andrea e Miguelão

NO AVARANDADO DO CÉU
QUE PELEJA IMORTAL
É A MINHA ILHA QUERIDA
NO CORDEL DO CARNAVAL
COM POESIAS, NESTA FESTA POPULAR
É ARTE, É CULTURA, É RACHEL E ALENCAR

DO LITORAL AO SERTÃO;
NA AQUARELA DESTE CHÃO
O POETA FOI BUSCAR
MAGIAS, CONTOS E LENDAS
DO HOMEM E O SEU LUGAR
NA CULINÁRIA; A MISTURA DO SABOR E O PALADAR
E NAS DOÇURAS DA VIDA
ÁGUA NA BOCA, NORDESTE EU SOU O CEARÁ
O HOMEM VEIO DO BARRO
FOI DEUS SEU CRIADOR
AS CERÂMICAS DO NORTE; NA BRASILIDADE
É ARTE NA MÃO DO ESCULTOR

TOCA A VIOLA CAIPIRA
O FORRÓ VAI COMECAR
TEM MUITA MOÇA BONITA
TE ESPERANDO PRA DANÇAR
CONTA A LENDA QUE A PRINCESA
TRANSFORMADA EM SERPENTE
GUARDA UM RICO TESOURO
PRA UM SERTANEJO VALENTE

FOSSEIS DO MEU CARIRI
BELEZAS DE CANOA QUEBRADA
PARQUES DE ÁGUA DOCE
QUEDA D'ÁGUA ABENÇOADA
TERRA ÁRIDA E QUENTE
CHÃO ESCALDANTE E SALGADO
ONDE O VAQUEIRO DESTEMIDO
TOMBA O TOURO PELO RABO
COM COURO FAZ-SE O GIBÃO, BOTAS E ALGIBEIRAS
COM LINDOS FIOS DOURADOS
TECE A MULHER RENDEIRA